Cafebras MenuClose

PROJETOS CAFEBRAS ENVOLVIMENTO COM A ALTA QUALIDADE DO CAFÉ, DESDE A PRODUÇÃO ATÉ A BEBIDA

ENG | PORT

PROJETOS CAFEBRAS ENVOLVIMENTO COM A ALTA QUALIDADE DO CAFÉ,
DESDE A PRODUÇÃO
ATÉ A BEBIDA

O QUALITY CULT é uma iniciativa da CAFEBRAS, que visa disseminar a cultura do
café, levando mais conhecimento aos produtores, através de diversas atividades como:
treinamentos, workshops, palestras, seminários, entre outas. O objetivo é abordar vários
pontos do universo do café, tais como: a história, a evolução do consumo no mundo,
as ondas, os diferentes países e regiões produtoras, as diferentes variedades, processos
de produção, formas de extração e características sensoriais.
O CAFEBRAS QUALITY CULT também busca oferecer ações efetivas de
estímulo à produção de cafés de alta qualidade, através de projetos próprios junto à
comunidade cafeeira ou como apoio às iniciativas que visem a melhoria de qualidade e
a valorização do produtores.

É mais um projeto da CAFEBRAS, que tem por objetivo reunir e formalizar um grupo de parceiros, especialistas em cafés, atuantes nas diversas regiões produtoras brasileiras, visando a garimpagem de lotes exclusivos e de alta qualidade em suas áreas de atuação.
O projeto prevê ainda, o estímulo a produção destes cafés, por meio da realização e do
apoio a pesquisas e outras iniciativas de melhoria de qualidade, além de buscar premiar
e valorizar seus criadores e promover sua conexão aos mercados e a comercialização
desses lotes, com práticas de valores justos destinadas aos apreciadores de cafés
diferenciados de todo o mundo.

 

Outra ação importante prevista no projeto, será a realização de visitas técnicas e
encontros sistemáticos entre os membros do grupo “GARIMPEIROS DE QUALIDADE”,
a fim de gerar aprimoramentos e promover a troca contínua de informações sobre
qualidade e discussões sobre novas técnicas de produção, preparação e armazenagem,
estudos das novas variedades e, principalmente, o melhor entendimento das inúmeras
e rápidas mudanças que vêm ocorrendo no mercado de café.

 

MEMBROS

 

Farão parte do grupo “GARIMPEIROS DE QUALIDADE”, além do time Cafebras, os
profissionais designados pelas Cooperativas, Associações, Agentes, Produtores dentre outros parceiros, além de pesquisadores e estudiosos do assunto.

 

ENCONTROS

 

Os encontros serão agendados periodicamente, com a organização e a coordenação
da CAFEBRAS. Além das questões técnicas e de qualidade, também serão abordados e
discutidos assuntos relacionados ao mercado e às tendências de consumo e produção.

 

MÉRITO

 

A CAFEBRAS também premiará, por mérito, o Garimpeiro que contabilizar o maior número de pontos durante o ano. Esta pontuação estará ligada ao número de amostras apresentadas pelo garimpeiro e adquiridas pela CAFEBRAS. O cálculo levará em conta:
A quantidade de sacas e peso equivalente à nota do café na escala de pontuação da SCA,
Specialty Coffee Association.
A premiação de cada ano será divulgada antes da Safra pela CAFEBRAS.

Essa premiação foi idealizada com o objetivo de premiar o produtor do melhor café adquirido pela CAFEBRAS no ano. Esta iniciativa foi uma maneira encontrada de valorizar e homenagear os cafeicultores parceiros que se dedicaram na produção de um produto diferenciado, de alta qualidade, exclusivo e único.
O campeão receberá como prêmio, uma viagem ao país de destino do seu café em companhia dos amigos da CAFEBRAS, onde terá oportunidade de conhecer e trocar informações com o comprador do seu lote. A iniciativa prevê ainda visitas a cafeterias, city tours culturais e experiências gastronômicas e sensoriais.

Os CLUSTERS DE QUALIDADE nasceram de uma iniciativa da Federação dos Cafeicultores do Cerrado Mineiro, apoiada pelo SEBRAE/MG, além de uma das Cooperativas da região e por um membro exportador. A CAFEBRAS apoiou incondicionalmente o projeto, sendo a
empresa parceira dos dois primeiros grupos formados na região. O primeiro cluster foi estruturado pela CAPAL – Cooperativa Agropecuária de Araxá e o segundo pela COOCACER – Cooperativa dos Cafeicultores da Região de Araguari.  O projeto prevê o suporte técnico necessário a um grupo de produtores, que visa promover a melhoria de qualidade dos seus cafés, além de garantir a comercialização dos lotes que se destacarem com maior valor agregado, avaliando e implementando novas técnicas de manejo e de processamento pós colheita além do monitoramento de todos os lotes produzidos.